ESCREVENDO UM NOVO PARADIGMA

UMA FOLHA EM BRANCO. ESCREVENDO UM NOVO PARADIGMA

SUNDERHUS; Adolfo Brás[1]

Todos temos diante de nós uma folha em branco, inteira, para observar para aproveitar. Temos também temos pontos negros desorientadores. A pergunta é: em qual deles faço minha centralidade?

A resposta está em cada um, mas uma e certa: a vida é um presente de DEUS, dado a cada um de nós com extremo carinho e cuidado. Por tudo isso temos todos os motivos para comemorar sempre, pois temos e somente a nós foi dado o “livre arbítrio”.

Neste olhar a natureza se renova, os amigos se fazem presentes, o emprego me dá sustento, os milagres, a os milagres, estes diariamente espero e feliz fico, quando os presencio.

Mas mesmo com toda está beleza insistimos em olhar apenas para o ponto negro. O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro que nos tira do sério, o relacionamento difícil com as pessoas, a decepção com um familiar, com um amigo e com um colega de serviço. Todos pontos negros.

Mas eles são mínimos quando comparamos com tudo aquilo que temos diariamente, mas mesmo assim eles povoam nossa mente. Quero tirar os olhos dos pontos negros que insistem em pairar em minha vida. Busco este exercício a algum tempo. Tem dado certo? O que posso dizer e que sempre estou estimulado a esta busca, todos os dias. E um novo momento um novo ver a vida.

Estou aproveitando cada momento que Deus tem me permitido. E aproveito o máximo pois o início de minha jornada por aqui já se foi a algum tempo, e o fim desta jornada se aproxima, e está cada vez mais próximo do que o início. Mas o choro pela busca pode durar até o anoitecer, mas a alegria logo vem logo ao amanhecer, ao ver o que tenho diante de mim…a vida para ser vivida. E a estou vivendo muito, todo o dia, mais e mais.

O que posso levar como palavra e sentido e que procuro ser feliz…e estou muito, muito feliz! Por isso estou escrevendo para que esta página em branco, que me acolhe, permita que sobre ela deposite o meu compartilhar, a minha solidariedade e a minha própria busca. Quero que ela seja o meu encontro.

O dia a dia, o trabalho, o amar e o viver, quero que seja esta folha, agora preenchida por um novo momento, um novo viver.

Nela, e com ela, sou o protagonista deste momento! Escrevendo e construindo um novo paradigma.

[1] Engenheiro agrônomo / CREA – ES 2146 D / 11ª Região – Graduação em Agronomia – UFES, Alegre – ES

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s